indicação ao Latin GRAMMY

 

As artes feitas com muito carinho por Daniel Eizirik foram indicadas ao prêmio ‘Latin GRAMMY’ na categoria Melhor Projeto Gráfico de Álbum.

Ficamos felizes de representar o Brasil com o disco ‘Meio Que Tudo É Um’ da Apanhador Só – dos cinco indicados, somos o único projeto independente entre as gravadoras. Capas em serigrafia, caxinha especial, caderno colorido misturando texto, colagem e uma pá de desenhos junto a ‘bula’ do Alb Gomez.

A premiação acontece no próximo dia 15.11 em Las Vegas.
19th Annual Latin Grammy Awards

NORMAL revista espanhola elege as 10 melhores capas de disco brasileiro de 2017

O projeto gráfico assinado por Daniel Eizirik para o disco Meio Que Tudo é Um (2017) foi incluído na lista das 10 melhores capas de disco brasileiro de 2017 de acordo com a revista espanhola NORMAL. O projeto foi impresso em serigrafia, com acabamento de ilhós, contando com um libreto de 76 páginas no formato caderneta de viagem, abrindo um convite visual entre desenhos e letras para acompanhar os ouvidos ligados nas canções da Apanhador Só. O disco físico conta ainda por uma bula, feita em colaboração com Alberto Gomez, e envelope especial para o CD. O projeto virtual é acompanhado de gifs animados inclusivos para o download gratuito.

Encomende aqui o disco físico, contendo *Capa em papel, com estampa em serigrafia frente e verso, acabamento com ilhós e fechamento artesanal; *caderno de 76 páginas, colorido, costurado, com capa em serigrafia; *bula com ficha técnica e letras e *envelope de CD estampado.

Clique aqui para fazer o dowload do álbum virtual, contendo a versão digital do projeto gráfico.

E acesse aqui o site da revista espanhola Normal e peça a versão impressa para conferir o conteúdo na íntegra.

flamboiã – feira de publicações de artista

Sábado e domingo, 9 e 10 de dezembro, a Riacho participa da terceira edição da Flamboiã – Feira de Publicações de Artista. A feira acontece no centro da cidade de Florianópolis/SC, na Travessa Ratclif e seus arredores, propondo deslocamentos pela cidade e uma série de atividades paralelas entre oficinas e exposições.

Para informações sobre a programação, acesse o site oficial:  http://feiraflamboia.com.br/programacao/

E confirma a matéria da Revista Versar, trazendo nosso Mineiros Cavam no Escuro na foto de capa: https://www.revistaversar.com.br/index.php/2017/12/08/4113/

Feira Miolo(s) 2017

Essa semana a Riacho abre a banca em São Paulo! Vamos para Miolo(s), feira de arte gráfica organizado pela Lote 42 e Biblioteca Mário de Andrade desde 2014. O evento desse ano acontece dia 11.11, das 11h às 11h. Entrada livre, valendo ainda semana de “Esquenta”, começando hoje com ciclos de palestras e oficinas ligadas a arte impressa.

+ sobre a feira

próximo lançamento: Meio que tudo é um

Estamos fazendo a arte do disco Meio que tudo é um, da Apanhador Só!
Com capa e projeto gráfico desenhados por Daniel Eizirik, o disco físico virá com um objeto todo em papel e serigrafias junto a um caderno de desenhos, letras manuscritas e colagens – um convite tátil e visual para ampliar a experiência sonora das canções. Contamos ainda com a calorosa colaboração de Alberto Gomez (autor da Agenda Lunar) no desenho da bula do encarte, e as fotografias da Tuane Eggers para divulgação do lançamento.

Confira no abaixo o single, com prévia das artes e duas faixas do disco :

Parada Gráfica — seleção 2017

 

 

Riacho elecionada para PARADA GRÁFICA! Esse ano, a (já) tradicional feira de publicações, impressos e afluntes toma conta do Museu do Trabalho/Porto Alegre nos dias 26 e 27 de agosto. Esquenta coração ✨

Feira Rua Sete

A Feira Rua Sete acontece no próximo fim de semana e a banca da Riacho se abre em meio a colegas talentosos e tsunamis de papel.

Santader Cultural – Porto Alegre/RS
9, 10 & 11 de junho
Entrada franca + oficina gratuita de aquarela com Chana de Moura

10a FestiPoa Literária

Nesse sábado vamos estar na feira da galeria Hipotética na 10ª Festipoa Literária
// feira + conversa com mestres do desenho //entrada franca //



A mesa vem com estréia do Nébula em Porto Alegre e, de quebra, tem uma história bacana envolvendo o próprio Festival. Na FestiPOA do ano passado, o livro Mineiros Cavam no Escuro estava nessa feira do Goethe Institut. Bobby Baq, poeta paulista que veio para fazer as leituras da Pornopopeia em Venus, acabou se envolvndo com o livro e nos escreveu. Dizia ele que tinha uma publicação em mente e só seria impresso através dos realizadores do Mineiros. Dessa ponte criada pelo FestiPOA, nasceu o livro Nébula – com 60 poemas e colagens do Bobby, nosso desenho gráfico e com a estréia gaúcha na feira – não por acaso.

II MOSTRA TELA INDIGENA

Apoiamos a II Mostra TELA Indígena com projeto gráfico, criado a partir de desenhos produzidos por jovens Mbyá Guarani na nossa visita à nova aldeia Tekoá na Retomada – Maquiné/RS ~

~ A Mostra tem sessão de estréia na próxima quarta-feira (15) na Sala Redenção [Porto Alegre], convidando Ailton Krenak e Jaider Esbell para o debate.

~ lembrando que a aldeia onde nasceram os desenhos do projeto acaba de receber uma ordem de despejo e pede por apoio urgente.
+ informações sobre o contexto da Tekoá e como apoiar em > https://tekoanaretomada.wordpress.com/

Veja o cartaz da Mostra :