Mineiros Cavam no Escuro

mineiros cavam no escuro _ capa

Mineiros Cavam no Escuro – notas sobre a muamba
2015 | 144 pág | costurado | colorido de cabo a rabo

desenhos, desenho gráfico e capa ∞ Daniel Eizirik
texto ∞ João Kowacs
diagramação ∞ Denny Chang
texto em português e portuñol

1a Edição Novembro/2015
ISBN 978-85-920303-0-8


Um livro de fronteira, tanto no cenário como na forma. Uma fusão de literatura e livro de artista, de ficção e documentário-gráfico. As histórias de “Mineiros cavam no escuro” acompanham mudanças da paisagem natural e econômica, através da transição do antigo caixeiro-viajante para a atual figura do muambeiro. + Mineiros no FB.

~ PONTOS DE VENDA ~

BRASIL >
PORTO ALEGRE

* LIVRARIA TAVERNA * R. Fernando Machado, 370
* GALERIA MASCATE * R. Laurindo, 332
* KORALLE * Av. José do Patrocínio, 95 & Museu Santander Cultural – Praça da Martiz
* PANDORGA * Instituto Ling, R. João Caetano, 440 & R. Miguel Tostes, 897
* PALAVRARIA * R. Vasco da Gama, 165

CURITIBA
* ITIBAN COMICS * Av. Silva Jardim, 845 
* ARTE & LETRA * Alameda Dom Pedro II, 44

SÃO PAULO
* BANCA TATUÍ * R. Barão de Tatuí, 275
* O B_ARCO Centro Cultural * R. Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 426

VILA VELHA/VITÓRIA
* PREGO * Av. Luciano das Neves, 247

SALVADOR
* O XANGÔ DE XANGAI * Travessa da Ajuda 01 Edifício Martins Catharino 14 Andar Sala 1401

BRASÍLIA
* ERNESTO CAFÉS * CLS 115 Bl. C lj 14

SANTA ROSA
* BICICLOTECA * em movimento

PORTUGAL >
* Ó GALERIA * PORTO – Rua de Miguel Bombarda, 61
* CIRCUS NETWORK * PORTO – Rua do Rosário, 54
* EL PEP * LISBOA – Calçada dos Cesteiros, 7
* ROUGH ‘NOUGH * LISBOA – Rua Cidade de Cardiff, 54b
* ARQUIVO* LEIRIA – Av. Combatentes da Grande Guerra, 53

inundação

> SOBRE OS PROCESSOS >>
Para realizar esse livro, os artistas vivenciaram uma experiência como muambeiros/camelôs/caixeiros, cruzando a fronteira paraguaia no Paraná com mercadorias chinesas e revendendo-as em praças, calçadas e rodoviárias brasileiras. Pesquisa de campo realizada através do projeto Simpático Elegante Caixeiro Viajante, financiado pelo Fundo de Apoio à Cultura do Estado do Rio Grande do Sul (FAC-RS/Artes Visuais), no trajeto entre Ciudad del Este (PY) e Porto Alegre (BR), passando também por cidades do RS como Santa Rosa, Alecrim e Guaíba, e cruzando a fronteira argentina para a mineradora de Wanda (ARG).

O livro resulta de pesquisas de campo realizadas em 2014 e, por casualidade, a narrativa tem como cenário de uma mineradora e uma cidade ameaçada de ser inundada por conta de uma barragem, essa nas próxidades do rio Uruguai. Antigamente chamada de Itá-Vherá, a atual cidade de Wanda/ARG vive da mineração de pedras preciosas; o município de Alecrim/RS sofre há décadas com a ameaça de ser inundada pelas águas do complexo bi-nacional de hidroelétricas Panambi-Garabi, e que contou com ampla mobilização civil para precionando os governos a rejeitar o projeto. Os dois locais conectam-se às narrativas do livro, que incluem ainda a rota dos produtos chineses que entram no Brasil através da Ciudad del Este, até as portas do estádio Beira-Rio em dias de Copa do Mundo.
detalhe do livro _ Mineiro Cavam no Escuro